10 passos FÁCEIS para a SUSTENTABILIDADE

Domingo dia 28 de Julho celebra-se o dia mundial da conservação da Natureza. Para o celebrar queremos partilhar 10 passos super acessíveis que todos podemos tomar, para ajudar a combater as alterações climáticas, preservando o meio ambiente. Baseámos-mos em valores simples: reduzir, partilhar e amar. Uma ode ao sentido comunitário que pela magia da economia circular, tornará possível salvar os oceanos e as florestas que nos dão vida.

1. Consumir menos, e quando o fizerem, façam-no de forma consciente

Como já escrevemos e continuamos a escrever e defender, é necessário redesenhar a forma como consumimos. É a forma mais eficiente de ajudar. Questionando o porquê dos nossos comportamentos, necessidades e desejos. Criar o distanciamento necessário para percebermos se estamos a comprar algo porque precisamos e adorámos, ou porque é barato e estamos aborrecidos.

Isto é aplicável a qualquer produto. Apesar da fast fashion ter tornado o ato de comprar todas as peças que queremos, em algo terrível para o ambiente, existem outras áreas onde podemos reduzir.

Menos produção em massa poupa água e florestas, ao mesmo tempo que evita a contaminação dos rios e dos oceanos.

 

2. Evitem plásticos a todo o custo

Sim, existem plásticos dos quais ainda dependemos. No entanto, se procurarmos atentamente é possível encontrarmos muitas opções livres de plástico, que não são demasiado complicadas nem dispendiosas.
Por exemplo, se prepararmos as nossas refeições e lanches em casa, utilizando frutas, vegetais, sementes e frutos secos, vamos reduzir o uso de plástico enquanto nutrimos o nosso corpo e a nossa conta bancária!
O nosso artigo sobre opções sem plástico dá imensas ideias para para conseguirem domar a vossa pegada de carbono!

Cada vez são mais os animais que estão a morrer ou a viver em condições terríveis por causa do plástico que se perde na Natureza. A água que bebemos encontra-se repleta de micro plásticos. É imperativo que paremos este processo antes que nos pare a nós! Aqui podem encontrar ainda mais recursos que nos vão ajudar a salvar o nosso futuro!

 

3. A verdade dos cosméticos, e a solução

Aqui estão algumas questões que podemos perguntar às nossas marcas preferidas:

São cruelty free? São vegan? São feitas com carinho ou à base de trabalho forçado? A empresa em questão preocupa-se com a água que consome e com os recursos natural que utiliza? Qual é a pegada de carbono desse batom?

Demasiadas perguntas certo?

Normalmente pensamos que não existem alternativas, ou que não terá um impacto direto nas nossas vidas e que não podemos fazer nada sobre o assunto. Mas a verdade é que existem imensas alternativas, nós sentimos o impacto na água cada vez mais poluída e nas ondas de calor que temos vindo a experienciar, e há muito que pode ser feito!

Graças à Internet existe uma forma fácil de encontrar um batom cujo impacto na conservação da Natureza seja praticamente nulo:
https://www.crueltyfreekitty.com/

Aqui podem encontrar as melhores marcas éticas e sustentáveis, e perceber de que forma é que uma pessoa consegue mudar o mundo.

 

4. Transportes públicos, partilhar carros e as bicicletas mais adoráveis

Não parece uma maravilhosa utopia ? Quantas vezes vimos ou fomos aquela pessoa sozinha num carro para 5 pessoas?

Tentem ver o carro como um luxo que só deveria ser usado quando absolutamente necessário. Usar transportes públicos é uma ótima forma de reduzir o nosso impacto e ganhar algum tempo de qualidade para relaxar! Em vez de desperdiçarem tempo no trânsito, apanhem o comboio e leiam um livro a caminho do trabalho, ou deixem-se levar por uma sesta que vos deixará cheios de energia! Os benefícios são intermináveis!

Se precisam mesmo de um carro na vossa cidade tentem encontrar amigos, vizinhos e colegas de trabalho que precisem de boleia ou possam dar a boleia. É menos dispendioso, ganham tempo de qualidade com os vossos amigos e conhecem novas pessoas. Definitivamente uma situação em que todos ganham!

Se vivem perto do vosso local de trabalho mas não perto o suficiente para irem a pé, que tal experimentarem a bicicleta? Existem modelos que se dobram até ao tamanho de uma de mala. É um treino extra e uma forma incrível de experienciar a cidade.

E a melhor parte? Não precisaríamos de tantos combustíveis fosseis como precisamos nos dias de hoje, e, consequentemente, o simples ato de ir para o trabalho não causaria tantos danos ao nosso ecossistema. O ar que respiramos seria mais limpo e seriamos bem mais saudáveis.

 

5. Comprar localmente, amar toda a gente

Porquê comprar bens importados quando provavelmente o nosso país produz muitas das coisas que precisamos? Nós adoramos aquela magnifica torrada de abacate, mas não nos podemos esquecer de onde vem. Os países mais pobres são normalmente explorados pelos seus frutos exóticos. Os governos deveriam certificar-se que estas situações não se perpetuem, mas uma vez que se recusam a fazê-lo, é necessário que nós o façamos. Ao comprar alimentos locais, fair trade ( significa que ninguém foi explorado para o fazer), e orgânicos (alimentos com menos químicos) é o melhor para o nosso corpo e para a nossa comunidade. Estes atos passam a mensagem de que as pessoas se preocupam e que não suportam nenhum tipo de exploração.

Como podem ver investir em nós próprios e lutar pelos direitos de pessoas do outro lado do mundo, pode trazer as melhores soluções para que consigamos salvar a Mãe Natureza.

O que hoje chamamos economia circular, uma forma de produzir, em que todo o desperdício é utilizado no processo de fabricação, eliminando ,assim, o desperdício e as suas consequências poluentes, é como as pessoas viviam antes da revolução industrial. Com o conhecimento cientifico e os direitos humanos da atualidade, é possível construir um sistema utópico que não será um sonho ingénuo, mas sim a realidade que todos merecemos!

 

6. Atenção ao nosso lixo

Para além de dividirmos o papel, plástico, vidro e orgânico, podemos todos fazer um pouco mais. Por exemplo, várias lojas e organizações aceitam composto para jardinagem e agricultura. Tudo o que temos de fazer é encontrar um próximos de nós e prestar mais atenção ao saco do orgânico. O objetivo é reservá-lo a desperdícios alimentares, sem papeis sujos, apenas orgânico. Simples não é?

No caso de roupas, objetos de casa ou mobília, tentem Upcycling (link artigo) doar ou vender antes de os deitarem fora. Os aterros estão cheios e emitem toneladas de gases prejudiciais! Enquanto que existe sempre uma pessoa que precisa de algo que vemos como lixo só porque já não serve na nossa vida. Basicamente, o transformar o nosso fardo em luz tornará tudo melhor!

 

7. Planta uma árvore

Esta é fácil. Existem imensas organizações por todo o mundo que o fazem! Podemos doar dinheiro ou plantar mesmo uma árvore.

O vosso bairro precisa de sombras? Escrevam à junta de Freguesia e façam parte da solução!

Se uma floresta ardeu, é necessário ajudar no processo de replantação. Tanto os homens como as mulheres conseguem nutrir a vida à sua volta. Vamos replantar o planeta juntos! Dependemos dos pulmões da terra e neste momento eles dependem de nós.

 

8. Limpar a casa

Para o bem e para o mal dependemos do bem-estar da Natureza para a sobrevivemos e vingarmos neste planeta. Neste momento ela precisa de muito amor depois de todo o abuso ao qual foi submetida. Um passeio na praia onde levamos um saco para apanhar o lixo que encontrarmos pode-se tornar numa aventura em família bastante divertida! Ou talvez pela floresta? Um passeio na Natureza pode ser transformado numa maratona de limpezas. O animais e as plantas vão agradecer, mas os mais gratos seremos nós daqui a uma década.

 

9. Poupar água

Já todos ouvimos que desligar a torneira enquanto nos ensaboamos, usar os programas eco das máquinas de lavar tem um impacto positivo na poupança de água potável. Mas sabem como é que podem poupar milhões de litros de água? Comendo mais vegetais e menos carne. Se não for pelo animal, reduzam o consumo de carne pela vossa saúde e pelo futuro da humanidade. De acordo com o IME (instituto de engenharia mecânica) são necessários 5000 a 20 000 litros de água para produzir 1kg de carne e apenas 500 a 4000 litros para produzir 1kg de trigo. Saiba mais aqui. Reduzir o consumo de carne é mais saudável, e ajuda a poupar a água que todos precisamos para sobreviver.

A industria da moda também requer imensa água. É por isso que é importante ler as etiquetas. Tecidos como algodão orgânico utilizam muito menos água no seu fabrico. Hoje em dia a sustentabilidade é uma preocupação global, as marcas que se preocupam realmente estão certificadas e mencionam-no nas suas etiquetas.

A água é vital à vida, lutar pela água é lutar por nós próprios.

 

10. Partilha com os teus amigos, fala sobre tudo isto

Partilhar informação é super fácil nos dias de hoje. O social media fez com que qualquer pessoa pudesse partilhar o que quisesse quão rápido o quisesse fazer.

Por isso vamos partilhar soluções para o problema do aquecimento global. Soluções fáceis às quais todos podemos aderir. Vamos mostrar ao mundo que uma pessoa pode influenciar muitas a tomar, o que pode parecer, um pequeno passo, e alcançar um impacto incrivelmente positivo.

Não têm de ser pregadores. Na verdade, aconselhamos a que não o sejam. A melhor forma de inspirar a mudança é fazendo e mostrando, não dizendo. Por isso sejam o mais éticos e sustentáveis que consigam, e mostrem a vossa luz ao mundo. As pessoas que estejam interessadas vão procurar a vossa ajuda e tornar-se-ão aliadas por escolha própria e não porque as fizemos sentir mal e culpadas pelas suas ações. Uma abordagem de amor pode parecer a forma mais lenta de agir, mas é sem dúvida a mais eficiente e duradoura.

 

Tenham um dia incrível,

 

NAE

Did you like this blog post? Share it on your favorite social network and don't forget to follow us.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *