Feliz dia do Veganismo!

Para nos juntarmos às celebrações mundiais deste dia tão especial, decidimos partilhar convosco formas fáceis e acessíveis de fazer a transição para a dieta Vegan.

Somos feitos de costumes, hábitos, ideais, contradições. Somos mudança constante. Somos energia, e temos o poder de mudar a nossa realidade, com uma facilidade incrível. A melhor prova disso é a dieta vegan que reduz o sofrimento do mundo, aumentando a felicidade e força de quem a segue. Não só é uma arma contra o aquecimento global, trabalhos forçados e maus tratos animais; mas também uma forma de prevenir e resolver vários problemas de saúde! Não é absolutamente divinal?

No entanto, é necessário saber como fazer a transição. Embora sejamos todos iguais, os nossos corpos são diferentes e reagem de formas diferentes à mudança. Por isso recomendamos uma transição calma. O vosso corpo pode sentir a diferença positiva na primeira semana, ou pode demorar mais tempo a habituar-se. O importante é conhecerem-se a vocês próprios, e educarem-se. Porque é possível viver de acordo com os nossos valores, é possível prosperar com amor e é possível tornar o mundo um sitio melhor para nós próprios e para os que nos rodeiam.

Foi nesse sentido que a maravilhosa Associação Vegetariana Portuguesa desenvolveu o Veggie Kit um guia para nos ajudar na transição para uma dieta vegan cheia de cores e de boas energias.

O lançamento oficial será hoje, no dia do Vegan e podem contar com a presença da nossa co-fundadora Paula Perez! Os bilhetes estão disponíveis aqui.

O que é que podem esperar do Veggie Kit? Em primeiro lugar receitas vegan absolutamente deliciosas, desde Tofu à Brás até bolo de chocolate, não deixando de fora ideias para snacks e sopas perfeitas para este inverno!

Estão prontos?!

Em primeiro lugar é importante relaxar, e aceitar que tudo demora o seu tempo, que somos todos humanos, e todos erramos. Não desistam se num dia voltaram a comer carne, ou se por qualquer motivo sentiram que era necessário fazê-lo durante mais tempo. Não são menos por isso. Voltem a tentar, comecem de novo, sem complexos!

Mudar os hábitos de um ser humano é extremamente difícil. É mais sustentável se, em vez de sentirem e de repetirem para vocês mesmos que não podem comer certas coisas, interiorizarem que podem, mas que não o querem fazer.

Existem pessoas que conseguem retirar todos os produtos animais da sua dieta do dia para a noite. No entanto, não é assim tão fácil para todos.

Comecem por ter um dia Vegetariano ou Vegan por semana. O que for mais confortável. Em seguida retirem um tipo de carne por quinzena, ou até por mês. Podem retirar primeiro as carnes vermelhas, depois as brancas e finalmente o peixe. Os substitutos de proteína mais familiares à dieta Mediterrânea são o grão, o feijão e a lentilhas. Se quiserem ser mais aventureiros, descubram as maravilhas do feijão de soja, Seitan e Tofu!

Dos produtos lacticínios o leite é o mais fácil de tratar, uma vez que existem vários substitutos como o leite de aveia, arroz, amêndoa, entre tantas outras bebidas vegetais, muitas delas fortificadas com cálcio e vitamina B12.

O queijo é o inimigo principal de muitos que tentam deixar os produtos animais para trás. Recomendados que o substituam por compotas e geleias biológicas, sem açucares adicionais claro. Outra forma é pesquisar as origens do queijo, e porque é que este produto na verdade pode ser extremamente prejudicial para a saúde. Uma das suas características é conter moléculas de ópio, o que o torna extremamente viciante. Aqui, está um link sobre a verdade obscura do queijo.

No entanto, voltamos a reforçar, a forma mais fácil para deixar um vicio é substituir um não posso por um não quero. E, levando a vida um dia de cada vez, o desejo vai diminuir. Acreditem que não há muito que força de vontade e uma boa compota não possam curar!

Uma forma de facilitar a adaptação é, por exemplo, escolher restaurantes em que sabem que existe uma opção Vegetariana ou Vegan. Restaurante asiáticos vão ser a vossa salvação! Se vão a um jantar em casa, ou a uma festa, em que não se sentem à vontade para pedir um prato vegetariano, ofereçam-se para levar um. Desta forma ninguém se sente ofendido, e todos se sentem satisfeitos!

Com isto passamos para o passo mais importante. Preparação. É verdade que é cada vez mais fácil seguir este tipo de regime alimentar nas grandes cidades, no entanto o mais seguro, e saudável, é estarmos preparados. Ter sempre um snack vegan, como tâmaras, frutos secos, uma peça de fruta ou barras energéticas por perto é essencial. Se possível, levar almoço para o trabalho. É uma forma ótima de mostrar ao mundo as maravilhas da cozinha Vegan. Para além de ser, normalmente, mais saudável e menos dispendioso! Se cozinhar não faz parte das vossas paixões, procurem receitas simples e escolham um fim de tarde para cozinharem para a semana toda. Aqui podem ver as 5 receitas mais simples da Caitlin Shoemaker. São rápidas, saudáveis e deliciosas!

Algo que também pode ajudar é uma visita a um nutricionista que acredite no Veganismo. Assim como existem vários médicos que defendem esta forma de alimentação, existem muitos que continuam céticos. O mesmo acontece com os nutricionistas. Felizmente existem cada vez mais especialistas em Nutrição que nos podem ajudar com a transição. É importante para que nos certifiquemos que não falta nenhum ingrediente à nossa existência! Por isso análises ao sangue anuais são bem vindas, não só porque nos ajudam a perceber se precisamos de algum reforço nutricional, mas também porque ajuda a passar a mensagem de que o Veganismo é realmente uma dieta saudável.

Gostaríamos de vos deixar com uma cábula simplificada dos Nutrientes e Vitaminas principais e em que alimentos de origem vegetal se encontram:

Proteína – feijão / grão / lentilhas / Tofu
Cálcio – bebida de soja fortificada / legumes folha escura
B12 – Suplemento / Alimentos enriquecidos com B12 (bebida/iogurte vegetal)
Omega 3, 6 – Nozes / avelãs / linhaça / Temperar com azeite
Ferro – melhor absorvido com vitamina C (laranja) – Soja / Feijão / cereais integrais / couve / espinafres

O estigma em torno desta dieta está cada vez mais fraco. Existem cada vez mais atletas, médicos e nutricionistas vegans. As vantagens são imensas! Esperemos que se juntem a nós nesta transição para um mundo melhor!

Tenham um dia Vegan incrível,

NAE

Did you like this blog post? Share it on your favorite social network and don't forget to follow us.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *